E SE NÃO?

Em janeiro de 2020 ninguém poderia imaginar os eventos pelos quais passaríamos nos 12 meses que se seguiram, nem as palavras com as quais passaríamos a conviver no nosso dia a dia: corona vírus; COVID19; distanciamento social; máscaras; álcool em gel; campeonatos cancelados; cultos online; zoom; igrejas fechadas.

Chegamos a 2021! Temos expectativas boas! A vacina está chegando! Oramos e esperamos que a situação melhore e o vírus seja vencido!

Mas, e se não? E se acontecer como na história do nascimento de Jesus? Nasceu o redentor prometido; nasceu a esperança de Israel, mas um rei louco (Herodes) decide matar todos os bebês do sexo masculino?

E se a solução da pandemia demorar? Como reagiremos?

> Lembraremos das palavras de Jesus:
Em João 16.33 Jesus disse: "No mundo tereis aflições". Em outra passagem, no evangelho de Mateus, Jesus nos alerta para o fato de que os últimos dias seriam cheios de guerras; fome; doenças; desastres. Apareceriam falsos messias; governos corruptos. Nos últimos dias veríamos lutas e tribulações.

Jesus falou com tanta ênfase sobre "vida abundante" e agora está jogando um "balde de água fria" nesse conceito? NÃO! Ele está apenas falando a verdade. Então, aparentemente, vida abundante e tribulações não se eliminam mutuamente.
Nós lutamos contra as tribulações; não aceitamos passivamente e nem nos acovardamos. Ele disse: "tende bom ânimo, eu venci o mundo"!

> Olharemos para o "quadro maior":
Você e eu fomos criados para viver NESSE TEMPO! O fato de estarmos na terra nesse exato momento não é um acidente. Não estamos vivendo em 2020 - 2021 por acaso. Deus decidiu na eternidade que você e eu estaríamos aqui nesse tempo. É nesse tempo que somos chamados a ser embaixadores/as do Reino de Deus; a cumprir a Grande Comissão e a amar o próximo como a nós mesmos.

> Lembraremos de onde vem o ânimo e a força para lutar e vencer essa batalha:
Como foi que Jesus viveu uma vida tão cheia de esperança em um tempo tão atribulado? Ele fez isso, vivendo sob a unção do Espírito. Foi por essa razão que ele disse aos discípulos: "recebereis poder ao descer sobre vós o Espírito Santo".
Sob a unção do Espírito Santo somos capacitados a viver uma vida de alegria, paz, fé e esperança, além das circunstâncias.

Entre tantas outras pessoas, o apóstolo Paulo foi exemplo de uma vida vivida dessa forma. Um homem experimentado em tribulações, dores e perseguições, ele dizia: "alegrai-vos sempre no Senhor, outra vez vos digo: alegrai-vos".

Então, nós damos boas vindas a 2021. E fazemos isso porque esse é o nosso tempo. Esse é o tempo no qual o Senhor nos nomeou para sermos sal e luz. Nesse tempo, em meio às circunstâncias, continuemos a testemunhar a esperança e a fé que nos possibilita viver a vida abundante.

Bispo João Carlos

 

  •