Na vida estamos sempre nos adaptando a novas realidades. Nesses últimos dois anos fomos desafiados a nos adaptar constantemente. São situações desconhecidas; situações difíceis; situações emocionalmente estressantes, às vezes, assustadoras.

Graças à Deus, a Bíblia nos mostra que outros irmãos do passado também passaram por situações difíceis. Tiveram que se adaptar e foram vitoriosos. Paulo é um desses irmãos. E ele nos ensina. Eis algumas lições daquele apóstolo experimentado em lutas:

  • Enfrente seus medos (II Timóteo 1.7):

A bíblia está repleta da expressão “não temas”. Mas eu gosto especialmente do texto da segunda carta do apóstolo Paulo a Timóteo, no capítulo 1, versículo 7: “Porque Deus não nos tem dado espírito de covardia, mas de poder, de amor e de autocontrole (equilíbrio)”.

Timóteo era ainda jovem. E o apóstolo Paulo era seu mentor. Na primeira carta Paulo encoraja Timóteo a não deixar que as pessoas o intimidassem simplesmente porque ele era jovem. Talvez Paulo sentisse que faltava autoconfiança em Timóteo. Agora, nessa segunda carta, Paulo faz Timóteo lembrar que qualquer tipo de covardia, de medo em sua vida não vem de Deus. Porque Deus não nos deu espírito de covardia. Ele nos deu coragem.

Fugir do medo é impossível! Então, enfrentemos os nossos medos!

  • Esqueça seus fracassos (Filipenses 3.12-14):

O apóstolo Paulo se recusava a permitir que os fracassos e as derrotas do passado impedissem que ele caminhasse em direção ao seu alvo final. Como? Mantendo uma atitude de fé.

Fracassos acontecerão. As únicas pessoas que nunca fizeram nada errado são aquelas que nunca fizeram nada. Então a questão não é “se eu falhar”, mas “quando eu falhar”. E quando falharmos, ou fracassarmos, precisamos aprender com a falha e abandoná-la. Não podemos permitir que um fracasso nos faça desistir.

O famoso primeiro-ministro da Inglaterra durante a II guerra mundial, Winston Churchill foi convidado a falar a um grupo de graduandos na Universidade de Oxford. No momento de sua fala, diante de uma plateia cheia de expectativa, Churchill levantou-se, foi até o microfone e disse três palavras: “Não desistam jamais!” Ficou quieto, silencio absoluto. Quase um minuto depois ele disse novamente: “Não desistam jamais!” E sentou-se. Seu discurso estava encerrado.

O apóstolo Paulo está dizendo para você hoje: “Não desista jamais!”

  • Firme-se na esperança (Romanos 8.24 – 25)

Os tempos são difíceis. Precisamos ter esperança. Quem tem esperança corre menos risco de se corromper.

Você espera por algo? Segure firme nisso. Acima de tudo, segure firme na mão de Deus. Ele é Emanuel – Deus Conosco.

Tenha um tempo de advento repleto de coragem; esperança e fé!

 

Bispo João Carlos