Voltar atrás? Jamais!


Quebra-gelo: Você já teve que voltar atrás em algo que disse ou fez?

Textos Bíblicos: Hebreus 10.38-39 e Mateus 13.22

Introdução: Existem várias coisas na vida que o melhor é voltar atrás. Quando erramos ou ultrapassamos nossos limites o melhor é reconhecer e voltar atrás, porém a Bíblia nos ensina que na vida com Deus (no cumprimento da Sua vontade), não podemos voltar atrás. Se fizermos isso nos tornamos desagradáveis a Deus, perdemos a comunhão verdadeira com Ele e nos tornamos religiosos infrutíferos, e o pior é que muitas vezes nem percebemos que voltamos atrás. Se não quisermos que isso aconteça, se não quisermos voltar atrás em nossa vida espiritual:

1) Precisamos decidir o que queremos: os tesouros do mundo ou os tesouros de Deus. – (Mateus 13.22) – A Bíblia ensina que não dá para se dedicar aos dois (Mateus 6.24 e Tiago 4.4), por isso precisamos decidir se queremos Deus, se queremos a sua vontade e os seus tesouros verdadeiramente. Para não voltar atrás precisamos definir as nossas escolhas, porque são elas que determinarão os nossos passos.

2) Precisamos ter Deus como prioridade na prática. – (Mateus 6.33-34) – Muitos dizem que Deus é prioridade, mas tem outras coisas em primeiro lugar. Precisamos decidir o que queremos. Muitas coisas nos são importantes, mas só uma deve ou pode ser a prioridade. Se não quisermos voltar atrás, Deus e sua vontade precisam ser as prioridades de verdade. Família, trabalho e outras coisas são importantes, mas  Deus precisa ser nossa prioridade.

3) Precisamos prosseguir quando parece difícil. – (Hebreus 10.38-39) – Em muitos momentos seremos provados ou tentados por lutas e situações difíceis. Se não tivermos decidido por Deus e não nos mantivermos firmes em nossa convicção podemos voltar atrás. Podemos pensar em parar, pensar em parar não é pecado, parar sim. O nosso desafio é prosseguir, Deus nos ajudará.
 
Conclusão: Quer ter a vida abundante que aqueles que escolhem a Deus de verdade têm? Quer prosseguir em frente melhorando cada vez mais? Escolha Deus e sua vontade e se mantenha firme nesta decisão. Quer isto?  vamos orar.