Prosperando em Meio à Adversidade

 

Textos Bíblicos: Gênesis 41.52; Gênesis 50.19-21

 Quebra Gelo: Como naturalmente você reage na adversidade? Compartilhe sua experiência.

 Introdução: Uma das definições de “adversidade” nos dicionários da língua portuguesa é: “algo que incomoda”. Se é algo que incomoda, precisamos buscar em Deus sabedoria para agir e não perder o foco. Os textos que temos como bases mostram o desfecho da história de José, como Deus o abençoou na terra da sua aflição e como Deus transformou o mal que havia sido planejado contra ele em benção, não só para ele, mas para toda a nação egípcia. Uma história triste com final abençoador. Foi vendido como escravo pelos irmãos, como escravo acabou sendo preso injustamente sendo acusado de assédio pela mulher de seu senhor. Da prisão Deus o levou ao governo do Egito. Esta história está relatada em Gênesis a partir do capítulo 37. Aprendemos muito com ela, aprendemos que a adversidade não é o fim e que podemos prosperar no meio dela. Vejamos:

I – Descanse na aceitação de Deus – José havia sido rejeitado pelos irmãos, mas não pelo Senhor, Deus estava presente. Em todos os lugares que você olha há desesperança, há decadência moral, egoísmo, violência, conflitos. Precisamos aprender a descansar, a confiar naquele que tem a palavra final. A vitória de José esteve firmada nesta verdade. Sua vida está nas mãos daquele que tem a Palavra final?

II – Descanse na disponibilidade de Deus  – Muitas vezes ouvimos afirmações como estas: “Deus não tem tempo para perder com as minhas coisas, Ele já tem muitos problemas”. É interessante perceber que foi o próprio Deus que através do profeta Isaias diz exatamente o contrário disso, veja: “Quando passares pelas águas, eu serei contigo; quando pelos rios, eles não te submergirão, quando pelo fogo, não te queimarás e nem a chama arderá em ti. Porque Eu sou o Senhor teu Deus, o Santo de Israel, o teu Salvador.” (Isaias 43.2-3) – José descansou na disponibilidade de Deus, sabia que Deus estava presente, por isso não perdeu o foco e caminhou em fidelidade.

III – Descanse nas garantias de Deus – Existe apenas um lugar seguro e este é no Senhor. Precisamos conhecer o Senhor e as suas promessas de vida para nós. I Pedro 1.3-4 diz que pelo seu divino poder tem sido doadas todas as coisas que conduzem a vida e grandes promessas para que possamos viver a vida que Deus deseja. José foi sustentado pela presença de Deus e pelas suas promessas. JESUS se tornou EMANUEL, que quer dizer DEUS CONOSCO, ou DEUS PRESENTE. Ele está presente, volte-se para Ele, renda-se a Ele, Confia nEle e o mais Ele fará. (Salmo 37)

Conclusão: Billy Grahan disse certa vez: “A nossa confiança no futuro está firmemente baseada no fato do que Deus fez por nós em Cristo Jesus, pouco importando qual seja a nossa situação, jamais precisamos nos desesperar, porque Cristo está vivo”. Jesus afirmou que o nosso erro consiste em não conhecer as Escrituras e nem o poder de Deus. (Mateus 22.29). Quer prosperar na adversidade? Crescer? Avançar? Ir adiante? Ser benção?