A Fé que Vence


Textos Bíblicos: Mateus 8.5-13 / Lucas 17.11-15

Quebra-gelo: Em sua opinião existe alguma atitude humana que possa causar admiração ao Senhor? Em poucas palavras compartilhe.

 Introdução: O texto que lemos no Evangelho de Mateus relata a experiência do centurião e como ele recebeu o milagre da restauração de seu criado. É uma experiência maravilhosa e carregada de orientações para que possamos desenvolver uma fé simples, porém vencedora. Jesus fica admirado com a fé desse homem (Mateus 8.10). Vejamos o que podemos aprender na experiência desse homem sem nome e reconhecido apenas como um Centurião:

I – Precisamos ir a Jesus e apresentar a ele a nossa história de vida. – Mateus 11.28-30 – Jesus desafia a todos os que se acham cansados, desorientados, sobrecarregados a se aproximarem e aprenderem dEle. Chegar como estamos. Às vezes desenvolvemos a ideia de que precisamos arrumar a nossa vida primeiro para depois nos aproximarmos dEle. Precisamos entender que é Jesus quem arruma a nossa vida. O centurião aproximou-se de Jesus, rasgou o seu coração e apresentou a sua dor e sofrimento implorando (Mt 8.5-6).

II – É necessário apresentar-se com humildade e coração aberto para receber de Deus. -O centurião era um homem bondoso, que respeitava a nação judaica, que havia ajudado na construção da sinagoga (Lucas 7.1-5), tinha realizado muitas coisas boas, porém, quando se aproxima de Jesus ele percebe que todas as qualidades que possui, todas as obras que realizou não o faz merecedor da graça de Deus. Por isso diz: Não sou digno (v.8). Jesus mesmo nos alerta na sua palavra acerca disso. Lucas 18.14 – “qualquer que se exaltar será humilhado, qualquer que se humilhar, será exaltado” e I Pedro 5.6 – “humilhai-vos, portanto, debaixo da poderosa mão de Deus, e Ele vos exaltará”. Você está aqui, mas como está o teu coração?

 III – Precisamos reconhecer o valor da obediência e da submissão à Palavra de Deus. – O centurião é muito coerente na sua caminhadaEle diz: Eu não sou digno, mas será da maneira que o Senhor falar. Assim como recebo e transmito ordens, assim também o será. Muitas vezes nos apresentamos com humildade diante de Deus, porém não recebemos a palavra como o Senhor nos tem orientado e nem temos a disposição de aplicá-la em nossas vidas. Como diz Jesus em Lucas 24.25 “…somos tardios de coração para crer…”.

 Conclusão: “Fé para vencer”, nos leva a estar na presença do Senhor com humildade sabendo que não é pelas nossas qualidades e obras e sim pela graça de Deus que podemos vencer. E essa consciência nos leva a caminhar em obediência e submissão à Palavra de Deus. Desafie a as pessoas a se apresentarem à Jesus com humildade e prontidão para obedecerem a Ele e não ao próprio coração. Vamos orar.